BANCO REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DO EXTREMO SUL - BRDE
 EDITAL DE CONCURSOS Nº 01/2001 - BRDE
- ABERTURA -

 

O BANCO REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DO EXTREMO SUL – BRDE, autarquia interestadual de natureza econômica, com sede em Porto Alegre–RS, na Rua Uruguai, 4.º andar e Agências em Florianópolis-SC e Curitiba-PR, inscrito no CNPJ sob n.º 92.816.560/0001-37, por intermédio de seu Diretor Administrativo, de acordo com a autorização contida na Resolução CODESUL Nº 716, de 21/02/00,  faz saber, por este Edital, que realizará Concursos Públicos, através de provas seletivas de caráter competitivo, sob a coordenação técnico-administrativa da FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS - FDRH, para prover, sob o regime da CLT, o preenchimento gradual de vagas em seu Quadro de Pessoal e formar cadastro-reserva.  Os Concursos reger-se-ão  pelas normas contidas neste Edital.

1  -    DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Os Concursos Públicos destinam-se ao provimento gradual das vagas do  Quadro de Pessoal do BRDE e à formação de cadastro-reserva de pessoal, para os cargos/áreas referidos no Anexo 1 deste Edital. O cargo de Analista de Projetos possui 08 (oito) áreas, constituindo-se cada uma delas concurso distinto, conforme consta no Anexo 1.

2  -    DA DIVULGAÇÃO

A divulgação oficial das informações referentes a estes Concursos dar-se-á através da publicação de editais e avisos no Diário Oficial dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e avisos em 1 (um) jornal de grande circulação nestes Estados.

Essas informações, bem como os editais, avisos e listagens de resultados estarão à disposição dos candidatos nos seguintes locais:

a)  Em Porto Alegre:

  • Na Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos – FDRH, na Av. Praia de Belas, 1595, no horário das 9h às 18h.

  • No Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, na Rua Uruguai, 155, 5º andar, no horário das 12h30min às 18h30min.

b)  Em Florianópolis:

  • Na agência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE, na Av. Hercílio Luz, 617, no horário das 12h30min às 18h30min.

c)  Em Curitiba:

  • Na agência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, na Rua Vicente Machado, 589, no horário das 12h30min às 18h30min.

d)  Na Internet:

 

3  -     DAS INSCRIÇÕES

3.1  - Período, horário e locais:

As inscrições serão recebidas no período de 18 de junho a 06 de julho de 2001, em dias úteis, no horário das 9h às 17h, de segunda à sexta-feira, nas agências da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT relacionadas a seguir. As inscrições também poderão ser recebidas aos sábados, no horário especial de funcionamento das agências listadas que funcionem nesse dia. Nas agências, as pessoas interessadas poderão adquirir o Edital dos Concursos, no qual encontra-se encartado o Requerimento de Inscrição a ser preenchido pelos candidatos.

3.1.1 – ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

  • Bagé: AC Bagé: Av. General Osório, 1251 – Centro

  • Canoas : AC Canoas: Rua 15 de Janeiro, 61 – Centro

  • Caxias do Sul: AC Caxias do Sul: Rua Sinimbu, 1951 – Centro

  • Novo Hamburgo: AC Novo Hamburgo – Av. Pedro Adams Filho, 5156 – Centro

  • Panambí: AC Panambí – Rua Gal. Andrade Neves, 55 - Centro

  • Passo Fundo: AC Passo Fundo – Rua Moron, 1777 – Centro

  • Pelotas: AC Pelotas – Rua Tiradentes, 2515 – Centro

  • Porto Alegre: AC Farrapos – Av. Guido Mondim, 396 – Navegantes

                                    AC Central de Porto Alegre - Rua Siqueira Campos, 1.100 – Centro

                                    AC Jardim Lindóia – Av. Assis Brasil, 4320 – Jardim Lindóia

                                    AC Menino Deus – Av. José de Alencar, 573 – Menino Deus

                                    AC Moinhos de Vento – Rua Cel. Bordini, 555 – Moinhos de Vento

                                    AC Partenon – Bento Gonçalves, 2080 – Partenon

                                    AC São João – Rua 25 de Julho, 46 – São João

                                    AC Tristeza – Av. Wenceslau Escobar, 2815 – Tristeza

                                    AC Vila Jardim – Av. Protásio Alves, 5500 – Vila Jardim

  • Santa Cruz do Sul: AC Rua Venâncio Aires, 683 - Centro
  • Santa Maria: AC Santa Maria – Rua Venâncio Aires, 1742 – Centro
  • Santo Ângelo: AC Santo Ângelo – Av. Três de Outubro, 679 – Centro
  • Uruguaiana: AC Uruguaiana - Rua 15 de Novembro, 1668 - Centro

 

3.1.2 – ESTADO DE SANTA CATARINA:

  • Blumenau: AC Blumenau – Rua Ângelo Dias, 79 – Centro

  • Chapecó: AC Chapecó – Praça Coronel Bertaso, 154 – Centro

  • Criciúma: AC Criciúma – Av. Getúlio Vargas, 290 – Centro

  • Florianópolis:AC Central de Florianópolis – Praça XV de Novembro, 242 – Centro

                                    AC Estreito - Rua Coronel Pedro Demoro, 1923 - Estreito

                                    AC Cidade Universitária - Centro de Convivência - UFSC - Trindade

  • Itajaí: AC Itajaí – Rua Gil Stein Ferreira, 50 – Centro

  • Joinville: AC Joinville – Praça Mal. Castelo Branco, 475 – Centro

  • Lages: AC Lages – Rua Coronel Córdova, 328 – Centro

  • Tubarão: AC Tubarão – Rua Coronel Cabral, 110SS – Centro

 

3.1.3 - ESTADO DO PARANÁ:

  • Campo Mourão: AC Campo Mourão - Rua Francisco Ferreira Albuquerque, 1421 - Centro

  • Cascavel: AC Cascavel - Rua Souza Naves, 3613 - Centro

  • Curitiba:   AC Bacacheri - Rua Holanda, 202 - Bacacheri

                                AC Hauer - Av. Mal. Floriano Peixoto, 5069 - Hauer

                                AC Marechal Deodoro - Rua Mal. Deodoro, 298 - Centro

                                AC Portão - Rua João Bettega, 434 - Portão

                                AC Santa Felicidade - Rua Manoel Ribas, 5824 - CJ.7 - Shopping Risato - Santa Felicidade

  • Foz do Iguaçu: AC Internacional de Foz do Iguaçu - Praça Getúlio Vargas, 72 - Centro

  • Guarapuava: AC Guarapuava - Rua XV de Novembro, 3774 - Centro

  • Londrina: AC Londrina - Av. Maestro Egídio C. Amaral, 246 - Centro

  • Maringá: AC Maringá - Praça Deputado Renato Celidônio, 599 - Centro

  • Paranaguá: AC Paranaguá - Rua Artur de Abreu, 293 - Centro

  • Ponta Grossa: AC Ponta Grossa - Rua Augusto Ribas, 802 - Centro

 

3.2 - A inscrição deverá ser feita para apenas um cargo/área.

 

3.3 - Documentos a serem entregues no ato da inscrição:

  1. cópia  reprográfica  (xerox), frente e verso, do  Documento de Identidade colada no verso do Requerimento de Inscrição, comprovando ser o candidato brasileiro, devendo ser apresentado o original deste documento, o qual deve estar em boas condições. Para fins destes Concursos Públicos, são considerados documentos de identidade: as carteiras e/ou cédulas de identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; cédulas de identidade fornecidas  por Ordens ou Conselhos de Classe, que por lei federal valem como documento de identidade, como, por exemplo, as do CREA, OAB, CRC etc.; a Carteira de Trabalho e Previdência Social; e a Carteira Nacional de Habilitação com fotografia na forma da Lei n.º 9.503/97;

  2. Requerimento de Inscrição corretamente preenchido e assinado, o qual deverá ser adquirido pelos candidatos, juntamente com o Edital, pelo valor de R$ 1,50 (um real e cinqüenta centavos), nas agências dos Correios - ECT, indicadas no subitem 3.1 deste Edital.

  3. Atestado Médico, para os candidatos portadores de deficiência, declarando a deficiência de que são portadores;

  4. Procuração, se for o caso (ver o previsto no subitem 3.6, letra “c”).

 

3.4 - Taxa de inscrição:

O valor da taxa de inscrição é de R$ 28,20 (vinte e oito reais e vinte centavos) para o cargo de nível médio e de R$ 64,30 (sessenta e quatro reais e trinta centavos) para os cargos/áreas de nível superior.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado em dinheiro ou cheque do próprio candidato nas agências dos Correios– ECT indicadas no subitem 3.1, quando da entrega do Requerimento de Inscrição devidamente preenchido e assinado, acompanhado dos demais documentos na forma do subitem 3.3 deste Edital. Não serão aceitos cheques de terceiros ou comprovante de depósito realizado em caixa eletrônico.

3.5 – A comprovação dos pré-requisitos fixados para os cargos conforme estabelecido no Anexo 1 será exigido dos candidatos classificados no momento de sua convocação para a contratação.

3.6 - Regulamentação:

  1. Serão canceladas as inscrições pagas com cheques sem a devida provisão de fundos.

  2. Não serão aceitas inscrições fora do prazo estabelecido neste Edital, por via-postal, “fac-símile” ou em caráter condicional.

  3. A inscrição poderá ser efetuada por intermédio de procurador, devendo ser anexada, neste caso, a procuração e ser apresentado o Documento de Identidade do procurador (não é necessária a autenticação em cartório).

  4. O candidato e seu procurador são responsáveis pelas informações prestadas no Requerimento de Inscrição, arcando o candidato com as conseqüências de eventuais erros de preenchimento deste documento.

  5. Efetivada a inscrição para um cargo/área, não serão aceitos pedidos de alteração do mesmo.

  6. Não haverá devolução dos documentos entregues na inscrição, nem do valor da taxa paga. Não serão aceitos pedidos de isenção de taxa de inscrição.

  7. O candidato assinará declaração no Requerimento de Inscrição de que conhece e está de acordo com as exigências e condições previstas neste Edital.

  8. Por ocasião da inscrição, o candidato deve exigir o respectivo comprovante da mesma, devidamente autenticado.

  9. O candidato ao efetuar a sua inscrição escolherá a cidade (Capital) em que prestará as Provas Objetivas e de Redação, mas esta escolha não definirá o seu local de trabalho.

  10. O candidato deverá ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data do encerramento das inscrições;

 

3.7 - Homologação das Inscrições:

A homologação do pedido de inscrição será dada a conhecer aos candidatos por meio de Edital, conforme o previsto no item 2 deste Edital. Da não homologação cabe recurso, que deverá ser formulado conforme o previsto no item 8 (oito) deste Edital.

 

4  - DAS VAGAS DESTINADAS A CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

4.1 - Aos candidatos portadores de deficiência física é assegurado o direito de inscrição para provimento de cargo/área, cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores, reservando-se a esses candidatos 5% (cinco por cento) do total das vagas existentes por cargo/área, de acordo com a legislação pertinente (Lei n.º 8.112/90, Instrução Normativa TST n.º 7/96 e Decreto n.º 3.298/99), conforme consta no Anexo 1 deste Edital.

4.2 - Considera-se pessoa portadora de deficiência aquela enquadrada nas categorias previstas no art. 4.º do Decreto n.º 3.298/99.

4.3 - Quando do preenchimento do Requerimento de Inscrição, o candidato deverá declarar a deficiência de que é portador, comprovando-a através de Atestado Médico que indique a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente de Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência. Caso não apresente o Atestado Médico no momento da inscrição, o candidato será considerado como não-portador de deficiência, sem direito à reserva de vaga.

4.4 - O Candidato portador de deficiência deverá solicitar e preencher o Requerimento de Inscrição específico para deficientes, que tem cor diferente daquele utilizado pelos demais candidatos.

4.5 - Os candidatos portadores de deficiência participarão da seleção em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere ao conteúdo, avaliação, duração, horário e local de realização das provas.

4.6 - Os candidatos portadores de deficiência que necessitem de algum atendimento especial para a realização das provas deverão declará-lo no Requerimento de Inscrição para que sejam tomadas as providências cabíveis.

4.7 - Os candidatos portadores de deficiência, que forem aprovados e classificados, terão apurada a compatibilidade do exercício das atribuições do cargo/área com as deficiências de que são portadores por uma equipe multiprofisssional, antes da contratação.

4.8 - Na falta de candidatos aprovados para o preenchimento de vaga reservada aos deficientes, esta será preenchida pelos demais candidatos aprovados.

 

5  - DOS CARGOS/ÁREAS

5.1 - Jornada de Trabalho:

A jornada de trabalho será de 30 (trinta) horas semanais para todos os cargos em Concurso.

5.2 – Disponibilidade para Viagens:

Será exigida dos candidatos admitidos, especialmente para os cargos/áreas de nível superior, a disponibilidade para realizar viagens predominantemente nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

5.3 - Descrição Sintética das Atribuições:

C.01 – Assistente Administrativo:
Realizar e/ou participar de trabalhos típicos de escritório, sob orientação da chefia imediata, que exijam algum conhecimento técnico e familiarização em técnicas específicas, relacionadas às áreas de Administração, Recursos Humanos, Suprimentos, Contabilidade, Finanças, Crédito, Jurídico, Planejamento e Sistemas, dependendo da área de atuação no Banco; executar tarefas em terminal de computador e em micro-computador, registrando dados, emitindo relatórios, correspondência, contratos e demais documentos; receber, encaminhar, separar, registrar, distribuir  e arquivar documentos; conferir valores, estoques e documentos, conciliar contas, executar levantamentos de dados; realizar outras tarefas correlatas às descritas.

C.02 a C.09 - Analista de Projetos (para todas as áreas):
Elaborar e desenvolver estudos e pesquisas, planos e programas de desenvolvimento; efetuar análise de viabilidade técnica, jurídica e econômico-financeira de projetos e empresas e avaliar sua repercussão social; efetuar avaliações de bens; acompanhar e fiscalizar a execução física e financeira de projetos e empresas; elaborar e executar trabalhos técnicos, projetos e programas em todas as áreas do Banco; emitir pareceres, redigir contratos e cédulas de crédito; atuar em processos administrativos e judiciais; elaborar relatórios, realizar trabalhos específicos e executar outras funções da mesma natureza e idêntico nível de complexidade das anteriores, sempre de acordo com sua formação profissional.

C.10 – Analista de Sistemas:
Projetar e desenvolver sistemas atendendo aos objetivos e necessidades dos usuários de serviços de processamento eletrônico de dados; especificar e realizar programas para computador, detalhando fluxos de operação, telas, arquivos de entrada e saída, procedimentos, relatórios e a respectiva documentação; especificar sistemas, supervisionando sua implantação; avaliar a eficácia e eficiência dos sistemas de processamento de dados; elaborar relatórios, realizar trabalhos específicos e executar outras funções da mesma natureza e idêntico nível de complexidade das anteriores.

C.11 – Técnico em Recursos Humanos:
Elaborar, planejar, controlar, assessorar, avaliar e executar atividades no âmbito da administração e desenvolvimento de recursos humanos; participar na avaliação, elaboração e implementação da política de cargos e salários do Banco; participar no processo de recrutamento e seleção de pessoal; participar da elaboração e implementação dos planos de treinamento e desenvolvimento de recursos humanos; orientar a administração do Banco, funcionários e familiares a respeito de problemas e soluções relacionadas com o desempenho laboral; participar na elaboração, execução e avaliação do Plano de Avaliação de Desempenho e Promoção por Merecimento; elaborar relatórios, realizar trabalhos específicos e executar outras funções da mesma natureza e idêntico nível de complexidade das anteriores.

C.12 – Bibliotecário:
Organizar as bibliotecas do Banco, selecionando, catalogando e classificando material bibliográfico, atendendo e fornecendo orientação aos funcionários sobre o material disponível para pesquisa de assuntos técnicos diversos; atender os funcionários do Banco, prestando informações e orientação na escolha de material bibliográfico, organizando e mantendo sistema de controle das requisições e empréstimos efetuados; efetuar pesquisas bibliográficas em bibliotecas reais ou virtuais, para atendimento das necessidades dos trabalhos em execução no Banco; registrar e controlar as aquisições de obras compradas pelo Banco, através de controle numérico e cronológico; classificar e catalogar o material bibliográfico, visando à sua rápida identificação e manuseio; controlar a movimentação do acervo para fins de levantamentos estatísticos e de ativo imobilizado, responsabilizando-se pela sua localização; divulgar as obras registradas, através de boletins bibliográficos; elaborar relatórios, realizar trabalhos específicos e executar outras funções da mesma natureza e idêntico nível de complexidade das anteriores, de acordo com sua formação profissional;

 

6  -    DAS PROVAS

Os Concursos serão constituídos de Provas Objetivas, de Redação e de Títulos para todos os cargos/áreas de nível superior e de Provas Objetivas para o cargo de nível médio. Cada uma das Provas Objetivas terá caráter eliminatório e classificatório e os candidatos reprovados nas mesmas serão eliminados do Concurso. No Anexo n.º 2 deste Edital encontram-se especificadas, para cada um dos cargos/áreas,  os tipos de provas, o número de questões e sua pontuação, o número mínimo exigido para aprovação e o caráter classificatório e/ou eliminatório das mesmas. No Anexo 3 estão listados os conteúdos programáticos e indicações bibliográficas.

6.1 – Das Provas Objetivas de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos

6.1.1 – Das Provas Objetivas para o Cargo de Nível Médio

As Provas Objetivas de Conhecimentos Específicos e de Conhecimentos Gerais para o cargo de nível médio terão em conjunto um total de 50 (cinqüenta) questões e serão compostas da Prova de Conhecimentos Específicos; Prova de Português; Prova de Informática; Prova de Matemática Financeira e Prova de Legislação Bancária. Essas provas serão avaliadas separadamente e em conjunto conforme o previsto no Anexo 2 deste Edital, e os candidatos que não obtiverem o número mínimo exigido de acerto de questões para cada prova serão eliminados do Concurso.

6.1.2 – Da Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos para Cargos/Áreas de Nível Superior

A Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos para cargos/áreas de nível superior terá 25 (vinte e cinco) questões e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, conforme o previsto no Anexo 2 deste Edital, e os candidatos que não obtiverem o número mínimo exigido de acerto de questões para a prova serão eliminados do Concurso.

6.1.3 – Da Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais para Cargos/Áreas de Nível Superior

A Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais para cargos/áreas de nível superior, terá 25 (cinco) questões e será composta das Prova de Português, Prova de  Informática, Prova de Inglês e Prova de Legislação Bancária. Essas provas serão avaliadas separadamente e em conjunto, conforme o previsto no Anexo 2 deste Edital e os candidatos que não obtiverem o número mínimo exigido de acerto de questões para cada prova serão eliminados do Concurso.

 

6.2 - Da Prova de Redação

6.2.1 – A Prova de Redação será realizada somente pelos candidatos aos cargos/áreas de nível superior e será aplicada simultaneamente com as Provas Objetivas.

6.2.2 – A Prova de Redação será avaliada na escala de 0(zero) a 100(cem) pontos e terá caráter eliminatório, sendo considerado aprovado o candidato que obtiver, no mínimo, 50 (cinqüenta) pontos.

6.2.3 - Somente será corrigida a Prova de Redação dos candidatos aprovados nas Provas Objetivas.

6.2.4 – A Prova de Redação  deverá ser manuscrita, com a utilização de caneta de tinta azul ou preta indelével, de qualquer espécie, inclusive esferográfica.

6.2.5 – Os candidatos receberão folhas-padrão específicas para a Redação.

6.2.6 – Na correção da Prova de Redação levar-se-á em conta, como critérios de correção, o domínio correto da norma culta da Língua Portuguesa, a clareza e a   lógica na exposição das idéias e respeito à modalidade e ao tema proposto.

 

6.3 – Da Prova de Títulos

6.3.1 - A Prova de Títulos terá caráter classificatório e consistirá na valoração de títulos de pós-graduação.

6.3.2 - Somente participarão da Prova de Títulos os candidatos inscritos nos cargos/áreas de nível superior que forem aprovados nas Provas Objetivas e de Redação.

6.3.3 - A Prova de Títulos será avaliada na escala de 0 (zero) ao máximo de 100 (cem) pontos sendo computados da seguinte forma:

Título

Pontos p/Título

Especialização (mínimo de 360 h)

35

Mestrado

50

Doutorado

100

6.3.4 - Serão considerados como títulos os cursos de pós-graduação em nível de Especialização com duração mínima de 360 horas, Mestrado e Doutorado, obtidos até a data da publicação do Edital que divulgará o período de entrega dos títulos.

6.3.5 - Os títulos deverão estar relacionados com a área de formação do candidato ou nas áreas de economia, administração, finanças e contabilidade.

6.3.6 - Para o Concurso C.11 – Técnico em Recursos Humanos terão validade somente os títulos relacionados com a área de formação do candidato ou na área de Recursos Humanos.

6.3.7 - Para o Concurso C.10 - Analista de Sistemas, terão validade somente os títulos de cursos de pós-graduação na área de Informática, desde que não tenham sido utilizados como  pré-requisito para a inscrição no Concurso.

6.3.8 - Os comprovantes de conclusão de cursos de pós-graduação (Diplomas, Certificados ou Históricos Escolares) deverão ser expedidos por instituição oficial de ensino devidamente reconhecida.

6.3.9 - Os certificados ou diplomas de Especialização, Mestrado e Doutorado expedidos por universidades estrangeiras deverão estar revalidados por universidades públicas que tenham curso do mesmo nível e área ou equivalente, respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação (Art. 48, § 2.º e 3.º, da Lei Federal n.º 9.394/96).

6.3.10 -  Deverão ser apresentadas cópias dos comprovantes autenticadas em cartório, não havendo, neste caso, necessidade de apresentar os originais. As cópias que não forem autenticadas em cartório deverão ser apresentadas juntamente com os documentos originais, a fim de serem autenticadas no ato da entrega.

6.3.11 -  Não serão aceitos documentos originais.

6.3.12 -  Só serão aceitos documentos entregues pessoalmente ou através de procurador, sendo que a procuração não precisa ser feita em cartório. Não serão avaliados os documentos enviados pelo correio, através de "fac-simile" ou de outras formas.

6.3.13 -  O candidato deverá preencher a Relação de Títulos em 2(duas) vias na forma a ser determinada em edital. A primeira via, juntamente com os títulos entregues, será colocada em envelope com a identificação externa do candidato, o qual será fechado e rubricado pelo candidato. A segunda via, contendo o carimbo do órgão recebedor e a assinatura do funcionário responsável pelo recebimento dos documentos, será devolvida ao candidato.

6.3.14 -  Quando o nome do candidato nos documentos apresentados para a Prova de Títulos for diferente do que consta no Requerimento de Inscrição, deverá ser anexado comprovante de alteração de nome. Esse documento não deverá ser listado na Relação de Títulos, mas apenas juntado ao conjunto de documentos entregues.

6.3.15 -  Não serão recebidos títulos apresentados fora do prazo, local e horário estabelecidos em edital ou em desacordo com o disposto no subitem 6.3 - Da Prova de Títulos.

6.3.16 -  Comprovada, em qualquer tempo, irregularidade ou ilegalidade na obtenção dos títulos, o candidato terá anulada a respectiva pontuação e, comprovada a culpa do mesmo, este será excluído do Concurso.

6.3.17 -  O prazo e os locais de entrega dos títulos serão divulgados através da publicação de edital, conforme previsto no item 2 deste Edital.

 

7  - DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS E DE REDAÇÃO

7.1 - As provas serão realizadas em dia, hora e local a serem designados através de edital, publicado conforme o previsto no item 2 deste Edital, no prazo mínimo de 8 (oito) dias de antecedência da data das provas.

7.2 - O candidato deverá comparecer ao local das provas com uma antecedência mínima de 1 (uma) hora do horário fixado para o início das mesmas, com Documento de Identidade, caneta esferográfica de ponta grossa, com tinta azul ou preta. Os candidatos para os cargos/áreas de nível superior também deverão estar munidos de calculadora financeira ou científica.

7.3 - O ingresso na sala de provas só será  permitido ao candidato que apresentar o Documento de Identidade, devendo o mesmo estar em boas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do  candidato.

7.4 - Não será permitida a entrada, no prédio de realização das provas, do candidato que se apresentar após dado o sinal sonoro indicativo de início das provas.

7.5 - Não será permitida a entrada, na sala de provas, do candidato que se apresentar após o sinal sonoro indicativo de início das provas, salvo se acompanhado por fiscal da Coordenação dos Concursos.

7.6 - Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado. Também não será aplicada prova fora do local e horário designado por edital.

7.7- Não será permitida a permanência de acompanhante do candidato, ou de pessoas estranhas aos Concursos nas dependências do local onde forem aplicadas as provas.

7.8 - Durante a realização das provas, não serão permitidas consultas de qualquer espécie, bem como o uso de telefone celular, fones de ouvido ou de quaisquer aparelhos eletrônicos exceto o uso de calculadora financeira ou científica para os candidatos para os cargos/áreas de Nível Superior.

7.9 - O candidato deverá assinalar suas respostas na Folha-de-Respostas (folha óptica) com caneta esferográfica de ponta grossa, com tinta azul ou preta.

7.10 - Não serão computadas as questões não assinaladas  na Folha-de-Respostas e as questões que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legível.

7.11 – Na hipótese de anulação de questões, essas serão consideradas como respondidas corretamente por todos os candidatos.

7.12 - Será de inteira responsabilidade do candidato o preenchimento correto da Folha-de-Respostas.

7.13 - Será excluído dos Concursos o candidato que:

  1. perturbar de qualquer modo a execução dos trabalhos;

  2. for surpreendido, em ato flagrante, durante a realização das provas, comunicando-se com outro candidato, bem como se utilizando de consultas;

  3. utilizar-se  de  quaisquer  recursos ilícitos ou fraudulentos, em qualquer etapa de sua realização.

7.14 – Aos candidatos para o cargo de nível médio será concedido o tempo de quatro horas para a realização das provas e aos candidatos para os  cargos/áreas de nível superior será concedido o tempo de cinco horas.

7.15 - O candidato só poderá  retirar-se do recinto das provas após 1 (uma) hora do início das mesmas.

7.16 - O candidato não poderá ausentar-se da sala de provas, a não ser momentaneamente, em casos excepcionais, e na companhia de fiscal.

7.17 - O candidato, ao terminar as provas, entregará  ao fiscal da sala, juntamente com a Folha-de-Respostas, seu Caderno de Questões;

 

8  - DA PUBLICAÇÃO DOS RESULTADOS E DOS RECURSOS

8.1 - A disponibilidade dos gabaritos, das listas contendo os resultados das provas e das respostas aos recursos, bem como da homologação dos Concursos será divulgada através de editais publicados conforme prevê o item 2 deste Edital.

8.2 - O candidato poderá interpor recurso administrativo em relação às inscrições  não homologadas, aos gabaritos referentes às Provas Objetivas, à Prova de Redação e/ou à Prova de Títulos, no prazo de 3 (três) dias úteis, conforme o estabelecido nos respectivos editais

8.3 - O requerimento de recurso administrativo deverá ser dirigido ao Chefe do Departamento de Recursos Humanos do BRDE e remetido, através de SEDEX ou Aviso de Recebimento (AR), para o Departamento de Recursos Humanos do BRDE em Porto Alegre/RS, na rua Uruguai, nº 155, 5º andar, Centro, CEP 90.010-040, ou entregue e protocolado no Protocolo Geral do BRDE no 2.º andar do mesmo endereço. O pedido de recurso deverá conter:

  1. nome completo e número de inscrição do candidato;

  2. indicação do cargo e n° do Concurso em realização;

  3. objeto do pedido de recurso, bem como o total de pontos pleiteados (se for o caso);

  4. exposição detalhada a respeito das questões, pontuação ou incorreções constatadas.

8.4 – O deferimento ou indeferimento dos recursos será publicado conforme prevê o item 2 deste Edital.

8.5 - Os processos contendo as respostas aos recursos ficarão à disposição dos candidatos somente na Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos, na Av. Praia de Belas, 1595- Porto Alegre, onde os interessados poderão ter vistas aos seus recursos, no prazo estabelecido em Edital. Não serão oferecidas vistas a esses processos em outro local ou fora do prazo estabelecido.

8.6 - Não serão considerados os pedidos de recursos formulados fora do prazo. Portanto, quando remetidos via SEDEX ou AR, será considerada a data de postagem do recurso no Correio. Também não serão aceitos pedidos que não contenham os elementos indicados no subitem 8.3 deste Edital.

 

9  - DA APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

9.1 - As Provas Objetivas, de Redação e de Títulos serão avaliadas conforme o previsto no Anexo 2 deste Edital e serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem os pontos mínimos exigidos nas provas de caráter eliminatório.

9.2 - A classificação dos candidatos aprovados nas Provas dos Concursos de Nível Superior C.02 a C.12 será realizada por Concurso e dar-se-á, após esgotada a fase recursal, pela ordem decrescente da pontuação obtida na média aritmética ponderada dos pontos, observados os pesos constantes no Anexo 2 deste Edital.

9.3 - A classificação dos candidatos do Concurso de Nível Médio C.01 - Assistente Administrativo dar-se-á, após esgotada a fase recursal, pela ordem decrescente do total de pontos obtidos na soma dos pontos alcançados nas Provas Objetivas.

9.4 - A listagem de classificação será feita por Concurso e não haverá classificação por Estado.

9.5 - A publicação do resultado final de cada Concurso será realizada em 2 (duas) listas. A primeira conterá a classificação de todos os candidatos aprovados em ordem decrescente de classificação, incluindo os candidatos portadores de deficiência. A segunda conterá exclusivamente estes últimos.

 

10  - DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

10.1 - Para o cargo de Nível Médio:

No caso de candidatos  para o cargo de nível médio obterem idêntica pontuação, serão utilizados, sucessivamente, os seguintes critérios de desempate:

  1. maior pontuação na prova de Português;

  2. maior pontuação na prova de Informática;

  3. maior pontuação na prova de Matemática Financeira;

  4. maior pontuação na prova de Conhecimentos Específicos;

  5. maior pontuação na prova de Legislação Bancária;

  6. maior idade;

  7. persistindo o empate, será realizado Sorteio Público.

10.2 - Para os cargos de Nível Superior:

No caso de candidatos de um mesmo Concurso para os cargos de nível superior obterem idêntica pontuação na média ponderada dos pontos serão utilizados, sucessivamente, os seguintes critérios de desempate:

  1. maior pontuação na prova de Conhecimentos Específicos;

  2. maior pontuação na prova de Redação;

  3. maior pontuação na prova de Português;

  4. maior pontuação na prova de Informática;

  5. maior pontuação na prova de Inglês;

  6. maior pontuação na prova de Legislação Bancária;

  7. maior pontuação na prova de Títulos;

  8. maior idade;

  9. persistindo o empate, será realizado Sorteio Público.

10.3 – Sorteio Público:

No caso de ocorrer Sorteio Público como critério de desempate, este será realizado em Porto Alegre - RS e comunicado aos candidatos, através de edital, conforme o previsto no item 2 deste Edital.

 

11  - DO PROVIMENTO DOS CARGOS

11.1 - O provimento dos cargos/áreas e a lotação do candidato se dará em qualquer dependência do BRDE conforme suas necessidades e de acordo com as vagas existentes em cada Estado, seguindo rigorosamente a ordem de classificação, dentro do prazo de validade dos Concursos.

11.2 - A contratação do candidato obedecerá à ordem decrescente de classificação por cargo/área, sendo que o mesmo poderá optar pela localidade para a qual deseja ser contratado, até o preenchimento das vagas existentes na mesma.

Caso o candidato não queira aceitar a vaga onde esta existir e prefira aguardar até que abra uma na localidade desejada poderá fazê-lo, permanecendo com a mesma classificação no cargo/área. Esta decisão constará em documento próprio, dirigido ao BRDE e assinado pelo candidato.

11.3.- Os candidatos convocados serão contratados sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, com jornada de trabalho de 30 (trinta) horas semanais.

11.4.- A contratação será inicialmente por prazo determinado de 90 (noventa) dias, compreendido este período como probatório, ao término do qual, mediante resultado de avaliação positiva, o contrato passará a ser automaticamente de prazo indeterminado.

11.5 – Os candidatos que vierem a ser admitidos farão jus aos benefícios e vantagens constantes do Regulamento de Pessoal II do BRDE aprovado pela Resº 1.954 de 29/03/01, e estarão sujeitos aos deveres e obrigações ali previstos.

11.6 - Por ocasião da contratação, será exigido do candidato:

  1. Carteira de Trabalho e Previdência Social;

  2. Certidão de Nascimento ou Casamento, conforme o caso;

  3. Cédula de Identidade;

  4. Cartão de Identificação do Contribuinte – CIC;

  5. Diploma ou Certificado de Conclusão do grau de escolaridade exigido para o cargo, de curso concluído até a data de encerramento das inscrições ;

  6. Habilitação Profissional mediante o registro no órgão de classe, se for exigido pelo cargo/área profissional;

  7. Prova de quitação com o Serviço Militar para os candidatos do sexo masculino;

  8. Prova de quitação com as obrigações eleitorais;

  9. Laudos de perícia médica e odontológica realizados por profissionais ou entidades indicados pelo Banco com indicação de aptidão;

  10. Laudo de exames psicotécnicos realizados por profissional ou instituição indicada pelo Banco com indicação de aptidão;

  11. Declaração de que não exerce cargo, função ou atribuições remuneradas na Administração direta e nas autarquias, empresas públicas, sociedades de economia mista e fundações mantidas pelo Poder Público;

  12. Certidão Negativa de Cartórios Criminais;

  13. Certidão Negativa dos Cartórios de Protesto de Títulos;

  14. Prova de ser brasileiro ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal;

  15. Declaração de bens, na forma da Lei nº. 8.429/92;

  16. Certidão de Nascimento dos filhos menores de 21 anos, quando for o caso;

  17. Duas fotografias 3 x 4, recentes, de frente e iguais.

11.7 -  Os candidatos aprovados deverão comunicar ao BRDE qualquer alteração de endereço, sob pena de, em não sendo encontrados, passarem automaticamente para o final da lista de classificação sendo em seus lugares convocados os candidatos classificados nas posições seguintes.

11.8 -  Os candidatos aprovados serão convocados através de Telegrama com Aviso de Recebimento, com três dias úteis de antecedência da data aprazada, para se apresentarem no BRDE, no local indicado.

11.8.1 - No caso de não comparecimento será publicado em jornal de grande circulação, no Estado em que o candidato realizou a prova, um Edital de Convocação convocando o candidato para se apresentar no BRDE, no local indicado, no prazo de 5 (cinco) dias úteis;

11.8.2 - O candidato que não se apresentar no BRDE, no local indicado, após decorrido o prazo mencionado no sub-ítem 11.8.1 passará automaticamente para o final da lista de classificação e em seu lugar será convocado o candidato classificado na posição seguinte.

11.8.3 – Quando de sua apresentação no BRDE, o candidato assinará documento confirmando seu interesse na vaga e local de trabalho e receberá a listagem da documentação admissional conforme o sub-ítem 11.6 a qual deverá ser apresentada no prazo de 10 (dez) dias úteis.

11.8.4 – O candidato que não se apresentar com a documentação admissional exigida e após decorrido o prazo de 10 (dez) dias úteis passará automaticamente para o final da lista de classificação e será convocado em seu lugar o candidato classificado na posição seguinte.

 

12  - DA VALIDADE

O prazo de validade dos Concursos para aproveitamento dos candidatos será de 2 (dois) anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado,  podendo ser prorrogado por igual período.

 

13  - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

13.1 – Ao efetuar a sua inscrição o candidato assume o compromisso tácito de aceitar as condições estabelecidas neste Edital e na Legislação pertinente.

13.2 - Qualquer inexatidão e/ou irregularidade constatada nas informações e documentos do candidato, mesmo que já tenha sido divulgado o resultado dos Concursos e embora tenha obtido aprovação, levará à sua eliminação, sem direito a recurso, sendo considerados nulos todos os atos decorrentes da sua inscrição.

13.3 - Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de classificação no Concurso, valendo, para esse fim, a homologação publicada no Diário Oficial dos três Estados.

13.4 – A inobservância, por parte do candidato, de qualquer prazo estabelecido em convocações será considerada, em caráter irrecorrível, como desistência.

13.5 - A aprovação e a classificação gera para o candidato apenas a expectativa de direito à contratação, ficando a concretização desse ato condicionada às disposições legais pertinentes, ao interesse e às necessidades do BRDE.

13.6.- Os candidatos aprovados e classificados nos termos do presente Edital e que não forem contratados de imediato constituirão cadastro de reserva podendo ser contratados durante o prazo de validade dos Concursos, a exclusivo critério e conveniência do BRDE.

13.7 - Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, até a data da convocação dos candidatos para a prova correspondente, circunstância que será mencionada em Edital ou aviso a ser publicado.

13.8 - Os casos omissos serão resolvidos pelas Comissões de Concursos do BRDE e FDRH.

 

Porto Alegre, 15  de maio  de 2001.

 

Antônio Carlos Pereira de Araújo,
Diretor Administrativo

 [ Topo ]